Pages

terça-feira, março 19, 2013

Vida em prática


Tenho andando muito inquieta esses últimos meses, esse ano começou obrigando-me a fazer algumas mudanças e minha protelação está cobrando o seu preço, me causando muita ansiedade. Não sou chegada a mudanças entretanto, tem épocas da vida em que elas se tornam realmente necessárias e até urgentes.
 O que antes me bastava e até dava prazer hoje me dá tédio, não vejo mais graça, então é hora de partir para coisas novas, atividades novas, novos planos que já estão aqui esperando que eu saia da 

inércia e movimente a vida, porquê há tempo para tudo e agora é tempo de mudanças.
 É muito fácil deixar de fazer o que se precisa por preguiça, medo e o por algo que é bastante comum: Pessoas. 

As pessoas tem um poder que agente a princípio nem imagina, de nos atrasar a vida com cometários negativos, descrenças em nossas capacidades, comentários desmotivadores... é muito fácil comprar essas idéias e ai você vai ficando, ficando, achando que não pode, que não dá, que não consegue, que do jeito que está, está bom e a vida vai passando e você vai ficando. Enquanto essas mesma pessoas que lhe desmotivam estão vivendo e colocando em prática seus próprios planos, você está ai pensando no por que de você não conseguir fazer o mesmo.
 Por isso que às vezes é necessário afrouxar e até romper com alguns laços para conseguir seguir em frente, deixar de comprar ideias que lhe atrasam e por seus planos em curso.
Por experiência própria digo que não é fácil sair de um padrão que lhe foi incutido desde cedo, mas quando se enfrenta a insegurança e o medo de fazer mudanças, principalmente as interiores, porquê são as mudanças interiores que motivam as externas, é igualmente prazeroso e libertador quando consegue faze-lo.
 Então faça! Eu já estou fazendo. 



0 comentários:

Postar um comentário